M&V José! #41 – O Legado dos Grandes Eventos Esportivos no Brasil

M&V José! #41 - O Legado dos Grandes Eventos Esportivos no Brasil

Há poucos anos o Brasil sediou, consecutivamente, dois eventos esportivos de carácter mundial, a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Motivo de muito orgulho para alguns. E de revolta para outros tantos. Porém, qual terá sido o verdadeiro legado deixado por esses dois grandes eventos para nós, brasileiros?

Prepare-se para um episódio cheio de Elefantes Brancos, obras caindo aos pedaços, e um rombo milionário no seu orgulho brasileirístico. Tudo isso e um pouco mais nesse nosso singelo podcast.

Redes Sociais

@morteevidajose [facebook / instagram / youtube]

Participantes do Podcast

O Legado da Copa do Mundo e das Olimpíadas

Sim, nós não esquecemos. A Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, foram dois mega eventos esportivos que os nossos políticos deram o “sangue” para trazê-los para cá. Porém, o legado dessa “conquista” não é nada de orgulhar.

Diferente das Sete Coisas de Se ter Orgulho de Ser Brasileiro, esse é um episódio para sentir vergonha de nossa nacionalidade.

 

Sei que já temos muitas coisas acontecendo no cenário político brasileiro atual, mas é sempre bom lembrar, que são esses ditos cujos que decidem o rumo da nossa nação. O Legado da Copa e Olimpíadas, é pois, mais um nessa conta.

O Legado da Copa do Mundo 2014

Realizada em 2014, ainda no mandato da, então presidente, Dilma Rousseff, a Copa do Mundo FIFA, trazia muitas expectativas. A última copa na América do Sul, tinha ocorrido em na Argentina, em 1978. Entretanto, como todos lembram, a copa terminou com o fiasco da seleção brasileira, com os 7×1 que levou na final contra a Alemanha. 

Copa Vergonha

Como foi pensado a logo da Copa 2014

Além da desilusão futebolística, o legado da copa foi além.  Para quem não lembra, foi dito que era necessário a construção de vários estádios, a reforma e ampliação de outros tantos. No total foram 12 estádios que, ou foram construídos para o evento ou foram reformados.

O Mais caro deles foi a reconstrução do Estádio Mané Garrincha. Localizado no Distrito Federal, que se quer tem times na terceira divisão, o projeto tinha o valor inicial estimado em R$ 696 milhões. Porém logo aumentou para o singelo valor de R$ 1,4 bilhão. Mas, aqui é Brasil afinal de contas. E do astronômico valor inicial, o Tribunal de Contas do Distrito Federal verificou sobrepreço nos serviços realizados, além de outras irregularidades, e o valor final chega a quase R$ 2 bilhões.

No final das contas, a maioria dos Estádios viraram elefantes brancos.  Para ter uma ideia melhor, veja a tabela abaixo.

Estádios construídos para a Copa do Mundo FIFA

EstádioCusto de construçãoCusto de ManutençãoArrecadaçãoPrejuízo
Mané GarrinchaR$ 1,7 biR$ 600 mil/mêsR$ 5,5 mi desde maio/2013R$ 5,9 mi
Arena da AmazôniaR$ 669,5 miR$ 700 mil/mêsR$ 1,5 mi desde agosto/2014R$ 2,7 mi
Arena PantanalR$ 628 miR$ 300 mil/mêsR$ 380 mil desde julho/2014R$ 1,4 mi
Arena das DunasR$ 423 miNão informouNão informou

Fonte: BBC Brasil

Claro que se o Brasil estivesse realmente preocupado com a situação econômica do país, poderia ter recusado. O Bom exemplo vem da Suécia, que se recusou a concorrer a ser sede da copa de 2022. Nas palavras do parlamento do país, a “Suécia tem outras prioridades” e promover tal evento seria “especular com o dinheiro do contribuinte”.

Outro exemplo, um tanto inusitado vem dos nossos vizinhos. A Colômbia foi escolhida para ser sede do mundial 1974. Porém na época eles passavam por dificuldades econômicas e desistiram de sediar o campeonato.

Aqui não se cumpriu com a regra de ouro em que a Copa deve servir à Colômbia e não a Colômbia à multinacional Fifa. Por essa razão, a Copa de 1986 não ocorrerá no nosso país. Não há tempo para atender às extravagâncias da Fifa e seus sócios“, disse Betancur no dia 25 de outubro de 1982.

Fica o exemplo.

O Legado das Olimpíadas 2016

Dos dois eventos tratados aqui, os Jogos Olímpicos é aquele que realmente acho legal. Como eu disse no podcast, as Olimpíadas são sinônimo de pluricidade. Durante sua realização podemos ter contato com esportes que se quer sabíamos que existiam. Mas, afinal #aquiébrasil.

Podemos começar com a vergonha que é sabermos que as medalhas olímpicas estão enferrujando. Uma grande frustração, de certo, para os atletas que suaram bastante para ganhá-las. Mas, vergonha passa, daqui a pouco o mundo esquece, ou não. O que não passa é o prejuízo que ficou nos cofres públicos.

Segundo o Estadão, o legado das olimpíadas já está em R$ 132 milhões em prejuízo aos cofres públicos. E como chegamos a esse ponto? Com o de sempre: orçamentos estourados, previsões de ganho fantasiosas, déficit, corrupção, e um pouquinho do jeitinho brasileiro.

Rio pós-olímpico tem arenas fechadas, entulhos e disputas judicais

Cinco meses após o término dos Jogos, Parque Olímpico tem apenas uma de suas partes aberta à população e sujeira acumulada no entorno. Parque Radical sem previsão de abertura. fonte: globoesporte.globo.com

Talvez pudêssemos pelo menos agradecer pelas obras realizadas que ficaram para o uso da população. Porém da reportagem de Flávio Dilascio e Thierry Gozzer para o globo esporte, com o título “Rio pós-olímpico tem arenas fechadas, entulhos e disputas judicais” já diz tudo.

Não que os Jogos Olímpicos tenham um bom histórico. No artigo escrito por Deutsche Welle, “De Londres a Sydney, o que sobrou do legado das Olimpíadas?” para o Carta Capital, os jogos realizados em Sidney (2000), Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012), deram todos prejuízo.

Claro que com o nosso jeitinho brasileiro, conseguimos piorar muito mais.

Considerações Finais

É uma pena que ainda não tenhamos capacidade de realizar um evento desses, seja Copa do Mundo ou Jogos Olímpicos. Corrupção e desonestidade é sempre o que mais pesa. Nisso podemos dizer que faltou bom senso em trazer tais eventos, enquanto o Brasil carece de atenção até nas questões mais básicas possíveis.

Se você gostou do artigo e/ou do podcast e quer que a gente produza mais desse tipo de conteúdo, demonstre clicando em uns dos botões das redes sociais. Se você tiver alguma dúvida, deixa um comentário com sua questão ou mesmo com sua contribuição. E por último, se você quiser ser avisado sempre que tivermos um novo artigo aqui no Morte & Vida José, assine a nossa lista de e-mail.Lista de e-mail

Muito obrigado por sua leitura e pelo seu download, fique sob a proteção de sua entidade metafísica favorita e até o próximo artigo/podcast.

Summary
O Legado da Copa do Mundo e das Olimpíadas
Article Name
O Legado da Copa do Mundo e das Olimpíadas
Description
O Brasil sediou dois eventos mundiais, a Copa do Mundo e as Olimpíadas, mas qual terá sido o verdadeiro legado deixado para nós, brasileiros?
Author
Publisher Name
Morte e Vida José
Publisher Logo

Sobre SrJairan

Formado em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado da Bahia, aspirante a escritor, fundador e administrador do site/podcast Morte & Vida José! E um apaixonado por natureza e cultura.